3 coisas que jamais deveriam ser vendidas no Pet Shop

O que você busca ao escolher uma coleira para o seu melhor amigo? Já pensou nisso?

 

Se você entrar em um Pet Shop buscando a melhor coleira para o seu cachorro, ficará surpreso com a quantidade de opções disponíveis.

 

Coleiras tradicionais, enforcadores, peitorais, guias unificadas, todos em diversos modelos, tamanhos e materiais. É tanto modelo diferente que você fica confuso...

 

Mas qual a finalidade de cada coleira? Como escolher a coleira é ideal para seu cachorro?

 

Sinto dizer que você dificilmente encontrará em um Pet Shop alguém treinado o bastante para tirar todas as suas dúvidas. Sem ajuda, você acabará escolhendo o modelo mais bonito, ou o mais barato. Afinal, é apenas uma coleira, certo?

 

Errado.

 

Coleiras não são todas iguais, e cada uma delas foi desenvolvida com um propósito específico. E fazer a escolha errada pode colocar a segurança e conforto do seu cachorro em risco.

 

 

1. Enforcador

 

coleira-martingale

Evitar que seu cachorro escorregue da coleira e escape durante o passeio deve ser sua prioridade. Cães que ainda estão aprendendo tendem a puxar com frequência durante os caminhadas.

 

Ao mesmo tempo, um cachorro ansioso e hiperativo pode tentar escapar a qualquer momento. Por isso você precisa de uma coleira que transmita segurança.

 

Diferente de uma coleira tradicional, a Martingale apertará ligeiramente sob tensão. Isso efetivamente impede que o animal se solte subitamente, mantendo ele sob controle e evitando acidentes.

 

Vale lembrar que elas são especialmente úteis para cães com a cabeça menor que o pescoço (Galgos, Buldogues, Pitbulls) ou com pelos sedosos (Goldens e Pastores) porque essas raças podem se soltar facilmente de coleiras tradicionais.

 

A Coleira Martingale se adapta perfeitamente a qualquer raça, não importa o tamanho ou quanto pêlo seu cão tenha.

 

2. Guia Retrátil

 

 

Uma coleira comum geralmente fica regulada de forma a ter um dedo de folga entre o colar e o pescoço do animal. Para muitos isso pode ser apertado, especialmente para aqueles cães que passam o dia com ela no pescoço.

 

A Martingale resolve esse problema.

 

Ela só irá apertar quando você mais precisar, naqueles momentos de tensão quando seu cachorro puxar ou tentar escapar. Nos momentos de relaxamento ela fica especialmente folgada, dando mais espaço entre ela e o pescoço do seu cachorro.

 

Além disso a Coleira Martingale da Ruff Ruff é feita em tecido 100% algodão com toque macio. Esse tipo de fibra natural evita irritações de pele causadas por tecidos sintéticos encontrados na maioria das coleiras.

 

Isso significa que o seu cachorro jamais estará desconfortável pela sensação de aperto ao redor do pescoço. Mesmo que ele permaneça com a coleira o dia inteiro.

 

3. Coleira de Choque

 

coleira-martingale

Se o seu cachorro passeia muito bem na coleira, então você provavelmente estará bem usando qualquer modelo tradicional ou peitoral. Mas se ele anda puxando você por aí fique atento, esses modelos podem estar trabalhando contra você.

 

Para um cão que está treinando ou precisa de um lembrete suave durante o passeio a Martingale será uma importante aliada. Isso porque graças a um sistema exclusivo ela garante mais controle e permite uma correção fácil quando seu cachorro tentar sair da rota.

 

Esse modelo é especialmente recomendado por treinadores para a correção de indisciplina durante o passeio.

 

Concluindo

 

Jamais deixe de considerar a segurança e o conforto do seu cão como pontos fundamentais para a tomada de decisão. Apesar de mais indicada para cães em treinamento, ansiosos ou indisciplinados, a coleira Martingale atende qualquer necessidade.

 

Faça a opção pela coleira tradicional ou peitoral somente se o seu cachorro for treinado ou não causar problemas durante o passeio. Essas duas opções não oferecem bom controle e podem causar problemas caso você as use com um cão que puxe ou tente escapar.

 

Tem alguma dúvida sobre a Martingale? Clique aqui e fale diretamente conosco!